ANEEL

Setor de energia elétrica

Share:

Siga no Google Notícias

Setor de energia elétrica inseriu mais de 70% no Cadastro Positivo

De acordo com dados da ANEEL, segmento tem potencial para incluir até 76 milhões de usuários na base de dados da iniciativa

Parte integrante da terceira etapa de adesão ao Cadastro Positivo, o setor de energia elétrica já inseriu mais de 70% de seus consumidores na base de dados da iniciativa. Segundo a ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, atualmente 55 milhões de usuários já são beneficiados com essa inclusão. O segmento tem potencial de incorporar os dados de 76 milhões de clientes à base do Cadastro Positivo em todo o país.

A proposta do Cadastro Positivo (Lei 12.414 com alterações da Lei Complementar 166, de 8/04/2019), em vigência no modelo de adesão automática desde julho de 2019, é auxiliar na avaliação de risco na concessão de crédito por meio de informações positivas. Assim, os credores podem ter uma visão mais detalhada do histórico de pagamentos de pessoas físicas e jurídicas que solicitam crédito, viabilizando a oferta de condições de crédito mais adequadas a cada perfil.

“A adesão do setor ao Cadastro Positivo contribui de forma importante para que os clientes individuais e corporativos das concessionárias de energia elétrica possam ter acesso ao crédito, mas, principalmente, a boas condições de crédito, o que é fundamental para o desenvolvimento econômico da sociedade”, afirma Sandoval Feitosa, Diretor Geral da ANEEL.

 

“Graças à sua capilaridade, o segmento de energia elétrica é estratégico para ampliar a visibilidade creditícia dos brasileiros, promovendo uma série de benefícios socioeconômicos, entre eles a queda da inadimplência, a melhora dos instrumentos de recuperação de crédito e a inclusão financeira”, analisa Elias Sfeir, presidente da Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC), entidade que representa os birôs de crédito gestores do banco de dados do Cadastro Positivo.

 

“Agradecemos o apoio da ANEEL, assim como o das concessionárias que aderiram ao programa e a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE), por esse esforço coletivo para a democratização dos benefícios do Cadastro Positivo”, completa Sfeir.

Após o êxito na inclusão dos dados recebidos das instituições financeiras, telecomunicações e concessionárias de energia elétrica, a quarta fase, referente às empresas de saneamento, segue em andamento, com potencial de inclusão de até 55 milhões de registros.

 

pimenta comunicação

Relações com a Imprensa ANBC

Regina Pimenta: (11) 98136.6835 regina@pimenta.com

Ana Carolina Rodrigues: (11) 98674.0348 anacarolina@pimenta.com

 

 

Você pode gostar:

Maranhão
Cadastro Positivo pode injetar R$ 17 bi no Maranhão

Siga no Google Notícias Válido a partir de 9 de julho, novo Cadastro...