Por dentro da nota de crédito

Autor: Elias Sfeir
Presidente Executivo-ANBC e Conselheiro Certificado-Promovendo a Disciplina de Crédito e Governança Corporativa-Brasil

Compartilhe [addthis tool=”addthis_inline_share_toolbox_m3zg”]

 

Um dos principais benefícios decorrentes da vigência do novo Cadastro Positivo é o fortalecimento da nota de crédito no mercado brasileiro. A ideia é simples, e os benefícios são inegáveis. Da mesma forma que desenvolvemos um currículo profissional ao longo da vida, a nota de crédito equivale ao currículo financeiro que consumidores e empresas vão formando com o passar do tempo. A cada vez que pagamos a fatura do cartão de crédito, quitamos uma parcela de financiamento, contratamos um empréstimo ou quitamos uma conta de serviços continuados como água, luz, gás e telecomunicações, uma nova informação é considerada no cálculo da nossa nota de crédito.

Nota De Credito

Se o consumidor ou empresa realizou essas operações dentro do prazo acordado com o credor, vai ampliando ou fortalecendo a nota de crédito com informações positivas. A nota de crédito varia de zero a mil. Quanto mais perto de mil, maior a capacidade de pagamento do tomador de crédito.

A nota de crédito é calculada pelos quatro birôs autorizados pelo Banco Central a atuarem como gestores do banco de dados do Cadastro Positivo (Boa Vista SCPC, Quod, Serasa e SPC Brasil). E é importante saber que a nota de crédito tem variações de um birô para outro, pois cada um deles utiliza critérios próprios de avaliação para formação da nota. Dessa forma, antes de tentar uma operação de crédito, cada pessoa ou empresa deve pesquisar em qual birô sua nota é mais alta.

A recomendação é acompanhar a nota de crédito em cada um dos birôs e, em caso de dúvida sobre ela ou sobre as diferenças entre as notas, solicitar o detalhamento ou a explicação, para que o próprio tomador de crédito possa agir para melhorá-la. Essa é uma das propostas da nota: empoderar o tomador para que ele consiga contratar crédito com facilidade e em melhores condições. Para visualizar a nota de crédito, basta acessar os sites relacionados ao final deste artigo.

VEJA TAMBÉM:  Como é o Cadastro Positivo em outros países?

Até a entrada em vigor do novo Cadastro Positivo, os únicos apontamentos disponíveis nos bancos de dados dos birôs de crédito eram as informações negativas, aquelas sobre atrasos e dívidas pendentes. A entrada dos dados provenientes do Cadastro Positivo está ocorrendo gradualmente. Quando todas as fontes de informação, como instituições financeiras, fornecedores de serviços continuados e varejo, tiverem inserido suas informações positivas no banco de dados, essas informações ganharão peso na nota de crédito, promovendo o necessário equilíbrio entre informações negativas e positivas.

O sucesso do Cadastro Positivo está diretamente relacionado à compreensão de seus benefícios pelo tomador de crédito. A nota de crédito é a chave para essa compreensão, pois é ela o instrumento de empoderamento do tomador de crédito, para a obtenção de melhores condições de crédito.

Uma pesquisa recente realizada pelo setor de birôs de crédito no Brasil mostrou que o tomador de crédito está consciente da importância de sua nota. Quase 90% dos ouvidos disseram que a nota pode ajudar no acesso ao crédito, e 94% afirmaram acreditar que o Cadastro Positivo promove o aumento da nota de crédito.

Para visualizar sua nota de crédito:

Boa Vista SCPC

https://www.consumidorpositivo.com.br/

Quod

https://www.quod.com.br/

Serasa Experian

https://www.serasaconsumidor.com.br/score/

SPC Brasil

https://www.spcbrasil.org.br/ 

Obrigado pela leitura do artigo. Surgiu alguma dúvida sobre nota de crédito? Ou quer deixar um comentário? Fique à vontade!